Venha ouvir-me em mundialfm.sapo.pt ou sintonize em 100.5fm De segunda a sexta-feira no #ClubedaTarde com o César Granjeio na Mundial FM Não perca a informação atualizada com edição de Marta Sousa às 00h00 | 07h00 | 12h30 | 18h30 Venha ouvir-me em mundialfm.sapo.pt ou sintonize em 100.5fm De segunda a sexta-feira no #ClubedaTarde com o César Granjeio na Mundial FM Não perca a informação atualizada com edição de Marta Sousa às 00h00 | 07h00 | 12h30 | 18h30

Luís Paulo Costa alerta para a desertificação no país e objetiva a captação de investimento e pessoas para Arganil em 2022

05.01.2022

O presidente da Câmara Municipal de Arganil alertou, esta quarta-feira, em entrevista à MundialFM, para o problema que é a perda habitacional em mais de 250 dos 308 municípios de Portugal Continental.

 

Luís Paulo Costa disse que esta é uma “batalha contra a desertificação e redução da população que não pode sair da cabeça dos políticos e autarcas”.

 

Neste sentido, sublinhou que o principal foco do Município de Arganil para 2022 passa pela conclusão da nova área de localização empresarial, “não relativamente à infraestruturação, mas sim no que respeita ao processo de captação de investimento e novas pessoas para o território”. No entanto, há também objetivos na área cultural e ambiental.

 

Em marcha está ainda o projeto de intervenção florestal na Serra do Açor, dinamizado pela Câmara Municipal, em parceria com a Escola Superior Agrária e o Grupo Jerónimo Martins. No total, está a ser intervencionada uma área “de 2.500 hectares, que vem revolucionar todo um sistema de intervenção florestal que temos tido no último século. É um projeto que está pensado a 40 anos”, frisou.

 

Este ano, Arganil vai receber a V edição de Academia Europa. De acordo com o presidente do Município, esta é uma oportunidade “para aproveitar essa montra para projetar o território externamente, para mostrar aquilo que de bom temos no Concelho, mas também para explicar aos parceiros quais são as dificuldades das regiões de menor densidade populacional”.

 

Recuperar a normalidade pré-pandemia é também um desejo de Luís Paulo Costa.